HOME   index.htmlindex.htmlshapeimage_1_link_0

TERCEIRA IDADE

Diversos fatores contribuíram para o aumento da expectativa de vida no Brasil e no mundo, e mais importante do que saber quantos anos as pessoas terão pela frente é saber se a velhice será saudável. A partir dos resultados dos estudos, é unânime o reconhecimento de  que as pessoas ativas envelhecem com mais qualidade de vida.


O processo natural de envelhecimento é marcado por algumas mudanças físicas, dentre as quais  a redução da massa óssea, que contribui para o aparecimento da osteoporose; além disso, há uma diminuição da massa muscular e o enrijecimento das articulações. Tais acontecimentos aumentam consideravelmente o risco de quedas e,  consequentemente,  de fraturas.,  o que   pode ser atenuado com a prática regular de exercícios físicos.

Além disso, na terceira idade, doenças como hipertensão arterial e diabetes são mais frequentes e podem evoluir para doenças mais graves. O exercício contribui significativamente para o controle dessas doenças e para outras, como a aterosclerose, que é o aparecimento de placas de gorduras dentro das artérias. Sabe-se que o exercício também promove mudanças psicológicas muito importantes: auxilia no tratamento de depressão,  melhora o autoconceito  e a autoestima entre outras.

Nunca é tarde para começar a fazer exercícios e, em qualquer idade que se comece, os benefícios aparecem!